Grupos Corais


O canto é um dos elementos mais importantes da celebração litúrgica. O canto exprime e realiza as nossas atitudes interiores. Não só exprime, como, em certa medida, realiza os sentimentos interiores de louvor, adoração, alegria, dor, súplica. «A celebração do Ofício divino com canto é a forma mais condizente com a natureza desta oração. Além disso, ela marca também uma solenidade mais completa, ao mesmo tempo que traduz uma união profunda dos corações no canto dos louvores de Deus. Por isso, vivamente se recomenda àqueles que celebram o Ofício divino no coro ou nas comunidades» (IGLH 268).

O canto fomenta a unidade e exprime os sentimentos comunitários: pode-se dizer que o canto faz comunidade. Além disso, cria um clima mais solene e festivo na oração: «nada mais festivo e mais desejável, nas ações sagradas do que uma assembleia que, toda inteira, expressa a sua fé e a sua piedade por meio do canto» (MS 16

O canto tem, na Liturgia, uma função ministerial: não é como um concerto, em que se canta pelo canto em si e pelo seu prazer artístico. Aqui, o canto ajuda, sobretudo, a que a comunidade entre mais em sintonia com o mistério que celebra. Ao mesmo tempo, cria um clima de união comunitária e festiva, ajuda pedagogicamente a exprimir a nossa participação no mais profundo da celebração.

Assim, o canto converte-se em «sacramento», tanto do que nós sentimos e queremos dizer a Deus, como da graça salvadora que nos vem dele. Segundo o Catecismo, «o canto e a música desempenham a sua função de sinais, dum modo tanto mais significativo, quanto “mais intimamente estiverem unidos à ação litúrgica”, segundo três critérios principais: a beleza expressiva da oração, a participação unânime da assembleia nos momentos previstos e o carácter solene da celebração. Participam, assim, da finalidade das palavras e das ações litúrgicas: a glória de Deus e a santificação dos fiéis» (CIC 1157).


Grupos Corais da Paróquia

Coro dos Jovens
Anima a eucaristia das 19:00 de sábado. Grupo essencialmente constituído por jovens e adolescentes desta paróquia. O ensaio tem lugar, habitualmente, uma hora antes da eucaristia.
Coro da Catequese
Anima a eucaristia dominical das 10:45. É constituído por catequistas, pais e crianças.
Coro Cantate Domino
Constituído por elementos das mais variadas faixas etárias, anima a eucaristia dominical das 12:00 na paróquia. O ensaio é, habitualmente à quarta-feira.
CNSB
Grupo que anima a celebração dominical das 13h. Neste momento é constituído por um corista e um organista. O objetivo principal será despertar o interesse pela música litúrgica na comunidade, de forma a aumentar o número de coristas para poderem mais ativamente participar na eucaristia e, assim, unir toda a assembleia em cânticos de louvor ao Senhor.
Coro Kyrios
Constituído por elementos de diferentes faixas etárias, anima a eucaristia dominical das 19:00 na paróquia.