Semana Santa

Horário das Celebrações

Quinta-feira Santa
(29 de março)

Missa Crismal na Sé Catedral do Porto às 10h
Missa Vespertina da Ceia do Senhor na Igreja Paroquial, às 19h
Adoração do Santíssimo na Igreja Paroquial:
20h30m – Ministros Extraordinários da Comunhão
21h00m – Grupo dos Leitores
21h30m – Grupo dos Catequistas
22h00m – Grupo dos Jovens
22h30m – Comunidade Paroquial

Sexta-feira Santa
(30 de março)

Celebração da Paixão do Senhor às 15h
Confissões em Francos às 17h30m
Via-Sacra em Francos às 21h30m

Sábado Santo
(31 de março)

Celebração da Vigília Pascal às 21h30m

Domingo de Páscoa
(1 de abril)

Missas na Igreja Paroquial dentro dos horários habituais
Missa às 18h na Igreja dos Pastorinhos (Francos)
No final de cada uma das missas será dada a Cruz a beijar

 

{fshare id=267} {plusone id=267}

 

Ser acólito? Porque não?

A palavra acólito vem do verbo acolitar, que significa acompanhar no caminho. Acólito é aquele ou aquela que, na celebração da liturgia, precede, vai ao lado ou segue outras pessoas, para as servir e ajudar. Durante a missa, o acólito está sempre atento ao que o sacerdote precisa, para lhe apresentar umas vezes o missal, outras vezes as coisas que ele há- de colocar no altar, ou para o acompanhar quando vão distribuir a comunhão aos fiéis.

Quem pode ser acólito?
Para explicar muito bem este assunto tenho de dizer várias coisas. A primeira é esta: há acólitos instituídos e acólitos não instituídos. Os acólitos não instituídos são em muito maior número do que os instituídos. São aqueles que nós conhecemos melhor, porque os vemos todos os domingos a servir na missa. Eles podem ser rapazes ou raparigas, que já tenham feito a primeira comunhão.

Têm várias tarefas durante a missa:
- servir o presidente em tudo o que for preciso: apresentar o missal e as coisas necessárias para preparar o altar;

-  acompanhar o presidente e os ministros extraordinários na distribui- ção da comunhão aos fiéis;

.  arrumar os vasos sagrados, na credência, depois da purificação.

Gostavas de ser acólito?
Passa na secretaria ou inscreve-te preenchendo a ficha de inscrição e envia-la para secretaria@paroquia-boavista.org

{fshare id=323} {plusone id=323}

SER Dia J

Vai ter lugar no próximo dia 23 de abril, no Pavilhão Multiusos de Gondomar o dia SER Dia J.

Juntos, com os vossos Animadores e Delegados, Responsáveis de Grupos Paroquiais e dos Movimentos e (uma vez mais) também com o Corpo Nacional de Escutas, vamo-nos ajudar mutuamente a Crescer e a transformar este nosso Mundo, procurando sempre SER mais.

Quando?
Dia 23 de Abril, esperamos por todos Vós nesta grande caminhada de SER - Dia J.

Onde?
Gondomar (Pavilhão Multiusos)

O quê?
09H00 – Check-In
10H00 – Eucaristia
11H30 – Abertura Geral
12H00 – Almoço
13H00 – Atividades por secção
18H00 – Encerramento

Dúvidas?
Enviar mail para erprj.porto@escutismo.pt ou sr.porto@escutismo.pt

+ infos:
http://www.sdpjporto.pt/2016/03/dia-diocesano-da-juventude-dia-j-dia-de.html

Ficamos à vossa espera para fazermos deste Dia Diocesano da Juventude / São Jorge um dia memorávell.
A Equipa SDPJ Porto
A Equipa Regional do CNE Porto

{fshare id=279} {plusone id=279}

Sínodo dos Bispos 2018

Vai ter lugar no Vaticano, Roma, de 3 a 28 de outubro de 2018 o Sínodo dos Bispos 2018 dedicado aos jovens. “Eu quis que vós estivésseis no centro da atenção, porque vos trago no coração”, afirmou o Santo Padre ao convocar este Sínodo.

O tema de fundo será “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.

O Santo Padre decidiu o tema da XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos após consultar as Conferências Episcopais, as Igrejas Orientais Católicas, a União de Superiores Gerais, além das sugestões dos Padres Sinodais da última assembleia realizada no Vaticano em 2015.

O tema pretende destacar a “importância pastoral que a Igreja dá aos jovens”, seguindo o caminho percorrido pela recente assembleia sinodal sobre a família e pela subsequente exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia.

“Trata-se de uma proposta para acompanhar os jovens no seu caminho existencial para a maturidade. O objetivo é que, através de um processo de discernimento, a juventude seja desafiada a “descobrir seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e os homens e participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade”.

Ler mais >>

{fshare id=471} {plusone id=471}