A Paróquia EnCanta

Os coros da Paróquia de Nossa Senhora da Boavista aceitaram o desafio de cantar por um projeto solidário, a associação VinPor Ti (Voluntariado Internacional por Timor). A Associação é um projeto missionário que gemina a Paróquia com a Diocese de Baucau, Timor Leste.

O CD encontra-se disponível na secretaria paroquial.

{fshare id=424} {plusone id=424}

Advento: ÁRVORE DOS SONHOS

 

IV Semana do Advento

Objectivos das Famílias: Famílias, berço de esperança

Objectivos da Comunidade: Comunidades, capazes de irradiar a esperança! Esperar contra toda a esperança no meio das dificuldades (AL 116-117; 275)

Compromisso Familiar: Visita e ajuda a famílias em dificuldades…

Compromisso Eclesial: Comunidades atentas aos casais novos.

Actividades Comunitárias: Bênção dos casais; partilha de Natal com famílias carenciadas…

 

III Semana de Advento

Objetivos da Família: Famílias evangelizadoras

Objetivos da Comunidade: Comunidades missionárias

Compromisso Familiar: Fazer da nossa família “uma boa notícia para o mundo” (AL 1). … Na família, somos todos sonhadores, todos evangelizadores.

Compromisso Eclesial: Na comunidade, somos todos mensageiros, todos «discípulos missionários» (EG 119-121).

Atividades Comunitárias: Preparar / Levar / Enviar a mensagem de Natal! … Promover uma festa paroquial, intergeracional…

 

II Semana do Advento

Objectivos da família: Famílias fecundas, “Toda a árvore que não dá fruto será cortada” (cf. Mt 3,1-12)!

Objectivos da comunidade: Comunidades geradoras de vida cristã!

Compromisso familiar: Valorizar a família, como santuário de vida (AL 83), famílias fecundas (AL 80-85; 166-167), através de uma fecundidade alargada (AL 178-184).

Compromisso eclesial: Comunidades acolhedoras, atentas aos seus novos rebentos.

Atividade comunitária: Bênção dos bebés nascidos neste ano.

I Semana do Advento

Objectivos da família: Famílias imperfeitas são casas em construção.

Objectivos da comunidade: Comunidades construídas à imagem de uma família!

Compromisso familiar: Vigiar para que “a Casa” (a Família) não seja arrombada (cf. Mt 24,37-44). Fazer da família, igreja doméstica (AL 15; 86): “Se o Senhor não edifica a casa, em vão … vigiam as sentinelas” (Sl 127,1).

Compromisso eclesial: Valorizar a Igreja / Paróquia como “Casa e escola de comunhão” (cf. NMI 43). Viver a alegria do encontro em comunidade: “Iremos com alegria para a casa do Senhor” (Sl 121/122).

Actividade comunitária: Bênção de casas. Visita aos doentes.

[widgetkit id=60]

{fshare id=357} {plusone id=357}

Agenda Pastoral

A maioria dos grupos paroquiais já se reuniu para elaborar a agenda pastoral para o ano 2015-2016. Pedimos que, entre esta semana e a próxima, sejam entregues os restantes planos para concluir a Agenda Pastoral deste ano.

{fshare id=136} {plusone id=136}

Ajude o Centro Social e Paroq. N. Sra. da Boavista

Ao preencher o seu IRS, no Quadro 11 do Modelo 3, Campo 1101, indique o nosso n.º de contribuinte 502 676 205.

Com um gesto simples e sem qualquer encargo para si, 0,5% do IRS destinado ao Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Boavista, estando assim a contribuir para o desenvolvimento e crescimento de todos os serviços que esta instituição desenvolve.

Muito obrigado!

{fshare id=446} {plusone id=446}

Ano Pastoral 2017-2018

A Diocese do Porto lançou o seu programa pastoral para o ano 2017/2018, projectando uma maior atenção a “toda e qualquer pobreza” por parte das comunidades católicos.

“O próximo… está próximo e está longe: aí onde há um ser humano! Em primeiro lugar e especialmente, nos pobres de toda e qualquer pobreza”, refere o documento, apresentado esta noite da Casa Diocesana de Vilar. O programa, com o tema ‘Movidos pelo amor de Deus’, sublinha que “a caridade organizada ou, dito globalmente, as instituições socio-caritativas” só conseguirão garantir a sua “matriz cristã” se tiverem na sua base a “assunção dos valores do Evangelho por parte dos seus actores”.

O texto recorda que, por decisão do Papa Francisco, se vai celebrar em Novembro, pela primeira vez, o Dia Mundial dos Pobres, no penúltimo domingo do ano litúrgico.

Entre as propostas apresentadas no documento estão a criação de um organismo diocesano de apoio às IPSS da Igreja ou uma maior participação dos leigos no “compromisso social e político”.

Outro momento referido é o IX Encontro Mundial das Famílias, que vai decorrer em Dublin, Irlanda, de 22 a 26 de agosto de 2018, colocando o “desafio pastoral” de fazer da família “sujeito e destinatária da evangelização”. O programa dedica atenção particular ao acompanhamento nos momentos de luto, num momento em que se acentua a “tendência social para pôr a morte de lado, para simplificar ou banir os ritos que lhe estavam associados”.

As comunidades católicas são, por isso, chamadas a “valorizar os gestos de acolhimento, de presença e de proximidade, de oração e de acompanhamento das pessoas em situações de luto”.

(in Ecclesia)

>> Ler mais...

{fshare id=406} {plusone id=406}