Partilha

Obrigado!

Estamos a terminar o ano pastoral. Um ano muito diferente por causa da pandemia que desde março alterou tudo o que tínhamos previsto. O confinamento surgiu com o estado de emergência e muitas das actividades pastorais tiveram que ser suspensas. A paragem aconteceu num momento muito especial do ano pastoral: em plena quaresma, proximidade do dia do pai, preparação para a Festa do Perdão, preparação para o campo de férias de Páscoa, Semana Santa, Tríduo Pascal… Estivemos unidos na celebração da eucaristia pelo Facebook. Com o passar do tempo fomo-nos reinventando de modo particular na catequese, jovens. Não foi como antes, mas a “chama” manteve-se viva e todos nós conscientes de sermos verdadeiros discípulos do Senhor.

Com o regresso às celebrações com fiéis fomos confrontados com uma nova realidade: equipas de acolhimento, distância social, máscaras, comunhão na mão… Graças a Deus as celebrações têm sido serenas e com boa participação.

Ao longo deste mês de julho, com todas as condicionantes nas celebrações, foi possível celebrar a Primeira Comunhão e Profissão de Fé. Todas as crianças tiveram a oportunidade de se confessarem, assim como os seus pais e padrinhos. Todas as celebrações, com pequenos grupos, foram vividas com intensidade, profundidade, alegria e simplicidade. Obrigado aos catequistas e aos pais que tudo fizeram para que as crianças dessem mais este passo. Obrigado, ainda, a todos os que participaram na preparação das crianças: preparação das confissões, distribuição de túnicas, grupo coral e equipas de acolhimento. Muito obrigado a todos pela fé, empenho, dedicação e disponibilidade. Unidos como verdadeiros discípulos do Senhor

 

Pe. Feliciano Garcês

Partilha

Obra ABC

Juntos podemos construir um mundo melhor. A união faz a força.
Obrigado pela vossa generosidade e solidariedade para com a Obra ABC.
Desta forma, todos os jovens têm acesso às aulas.

Pe. Feliciano Gracês.
Diretor Obra ABC

Partilha

Elevação a Paróquia da comunidade de Nossa Senhora da Boavista

Estrutura católica funcionava em regime experimental desde 1973

Porto, 22 ago 2019 (Ecclesia) – O bispo do Porto decretou a elevação a Paróquia da comunidade católica de Nossa Senhora da Boavista, que até agora funcionava em regime experimental.

No decreto publicado na página online da Diocese do Porto, D. Manuel Linda destaca uma comunidade que, desde que começou a caminhar como paróquia experimental em 1973, tem crescido de forma estável, “em número e em vitalidade eclesial”.

Ler mais >>

Partilha

Ajuda a Moçambique

Todos temos, certamente, acompanhado as notícias que têm chegado de Moçambique nos últimos dias. As imagens são impressionantes, os números da catástrofe estão ainda por determinar.
A Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesusdehonianos – a congregação de que fazem parte os sacerdotes da Paróquia de Nossa Senhora da Boavista, lançou uma campanha de angariação de fundos para ajudar o território mais afetado pela calamidade (cidade da Beira e arredores), cujo bispo, D. Claudio Dalla Zuana, é um dehoniano, e que tem apelado à nossa partilha com aquele povo que perdeu tudo ou quase tudo.

Conta para recolha de donativos:
IBAN: PT50 0018 2055 0199 0710 02004
BIC/SWIFT: TOTAPTPL
NOME: Província Portuguesa Sacerdotes Coração de Jesus
Link: http://www.dehonianos.org/portal/solidariedade-com-a-beira-mocambique/

Partilha

Grupo de Acólitos

Site do Grupo de Acólitos da Paróquia da Nossa Senhora da Boavista.

Diocese do Porto

Site da Diocese do Porto.